Texto – Descobrimento do Brasil

16 Abr de 2008
MENINO MULTICOLORIDO

Eu sou um menino multicolorido.
É, eu sou de todas as cores por dentro.
Sou misturado. Meu sangue é feito do sangue de muitas raças.
Minha mãe disse que quem tem avós de raças diferentes é mis . . . mis . . . Esqueci! É um nome complicado. Prefiro pensar que sou multicolorido. Tenho sangue de francês, de negro, de espanhol e de índio. Por fora eu sou branquinho, de cabelo claro. Por dentro, sou europeu, preto, mulato, mestiço. Acho que é por esse motivo que eu gosto tanto dos índios do Brasil. Gosto deles porque eu sou um pedaço índio e porque eles estão deixando de ser índio por inteiro. É que as pessoas brancas aqui do Brasil, já faz tempo, que estão enganando e destruindo eles, os donos da terra. Eu vi na televisão os índios xavantes em Brasília. Eles estavam querendo que o presidente ajudasse todos eles a não desaparecerem. Fiquei muito aborrecido. Vai chegar o dia em que não vai ter mais índio no Brasil. Nesse dia, o Brasil vai ficar bem pequenino e não vai mais ser tão bonito, porque quem faz a nação são as pessoas da terra. Nesse dia, eu vou ficar triste para sempre. Sei que vou ficar branquinho de raiva.

Alberto Rodrigues Alves
Idéias para trabalhar o texto? Aqui.
Texto Extraído: Atividades Português.

Artigos Relacionados

1 Comentário

    Anônimo 18 de setembro de 2011 às 22:49

    Adorei o texto, irei aproveitá-lo numa aula com inter.!!!!!
    Estou aproveitando também as sugestões de estudo do texto que estão ótimas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*
*