Cuidado com poucas horas de sono nas férias

02 Jan de 2008
Oi!!!
Hoje vamos falar sobre um assunto mais sério. Todo mundo sabe que férias escolares é tempo de relaxar, brincar mais e consequentemente ter menos horários e sair da rotina. Muito bom e necessário para todo mundo.

Mas, para que essas mudanças não prejudiquem as crianças é necessário tomar alguns cuidados.
Segundo Paulo Plaggert, neurologista do Hospital Infantil Darcy Vargas, é necessário ficar atento a quantidade de horas dormidas. A falta de um período regular de descanso pode desencadear problemas metabólicos como crises de dor de cabeça. Segundo o médico, a indicação é dedicar em média oito horas para o sono. Entretanto, o ideal é que a criança durma um período suficiente para o descanso.

“A falta de horário para dormir nas férias atrapalha a vida de uma criança, pois pode levar a não realização de todas as refeições diárias, o que não é bom para o organismo infantil”, afirma.
Além disso, maus hábitos familiares podem prejudicar a qualidade de sono infantil. Plaggert recomenda manter um ambiente tranquilo, onde a criança não divida o quarto com os adultos, não durma na mesma cama dos pais e nem fique com a televisão ligada ou a luz acesa até tarde da noite. “As determinações de regras e de limites são essenciais para um filho”, ressalta.

Volta às aulas
Com o período de férias terminado, as crianças têm que voltar a ter a rotina mais rígida e para que não seja feita de forma muito brusca, o que pode trazer problemas como déficit de atenção e assim comprometer o rendimento escolar, Plaggert orienta que os pais reservem de uma semana a 10 dias para realizar a readequação da rotina das crianças. “O ideal é adiantar gradativamente a hora de dormir e de acordar até chegar ao horário regular de sono em período escolar”.

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*
*