03 dicas para adaptação no Maternal, creche e berçário

07 Fev de 2017
Oi gente!!!
A decisão de matricular o filho na Educação Infantil pode ser a mais variada possível. Alguns pais precisam apenas de um lugar para deixá-lo, enquanto outros entendem que esse é o ambiente mais apropriado para os pequenos. Em resumo, os primeiros dias na creche costumam não ser fáceis. As mães ficam com o coração na mão e choram discretamente. A criançada abre o maior berreiro ao ver os adultos saírem pela porta. Postamos aqui 03 dicas INDISPENSÁVEIS para te ajudar a resolver este problema, confira!

03 dicas para adaptação no Maternal, creche e berçário


01 – Peça fotos das crianças com os parentes, os animais de estimação e os brinquedos preferidos. É importante que elas encontrem objetos pessoais na escola. Isso dá a sensação de extensão de casa na instituição. Escolha um canto, coloque um tapete colorido de EVA no chão e espalhe almofadas e brinquedos devidamente identificados. Em paralelo, confeccione um painel com as fotos. Tire cópias coloridas e as fixe em cartolina. Por fim, coloque o mural na parede numa altura acessível ao grupo.

02 – Depois, corte ao meio folhas coloridas de tamanho A4 e cole as fotos em cada pedaço. Digite as legendas no computador e imprima em papel branco. Nelas, o nome das pessoas e a situação: Pedro com seus avós no parque. Para garantir mais durabilidade, envolveu as folhas com plástico adesivo transparente. Com o furador, faça dois orifícios em todas as páginas e as una com barbante. Na capa, escreva “Eu e minha família”. Como a intenção é deixar ao alcance da criançada, tome o cuidado de não usar grampeador nem fio de náilon para não causar machucados.

03 –Todos os dias, alguém chega com um brinquedo para juntar ao canto. Reúna a turma numa roda, faça a chamada e mostre o novo objeto. Conte quem trouxe e estimule o empréstimo, mas nem sempre você será atendida. Quem não quer compartilhar deve ser respeitado. Dessa maneira, fica entendido o que pertencia a quem. O mesmo acontece com a inserção de fotos inéditas, com destaque para o nome e as peculiaridades de cada família.

Não se esqueça: Para amenizar o sofrimento das famílias, é preciso mostrar que as crianças ficam bem na creche.

Artigos Relacionados

2 Comentários

    Janete Xavier 3 de fevereiro de 2011 às 13:59

    Oiiiiii
    Não posso mais ficar sem as dicas compartilhadas aqui são excelentes!PARABÉNS.Bjs

    Eliane 9 de janeiro de 2015 às 14:57

    Na primeira semana deixar a criançar sair mais cedo e a cada dia aumentar o tempo de permanencia dela na escola é uma boa estratégia???

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*
*