12 Brincadeiras e Atividades Circenses

02 Mar de 2015
Atividades práticas: Imitando os profissionais do circo



01 – Trabalhando o equilíbrio.
O Malabarista – Fazer traços diferenciados no chão : retos, ondulados, curvas, círculos e outros. A proposta é as crianças brincarem de andar em cima do risco em diferentes posições como: na ponta dos pés, apenas com os calcanhares, com as mãos na cabeça, com as mãos na cintura, segurando um copo d’água, etc – sem sair de cima dos riscos.

02 – Exercício rítmico
A Bailarina
– A proposta é conforme a professora for lendo o texto as crianças devem executar os movimentos citados. Em um segundo momento, colocar em aparelho de som uma música a escolha da professora, sugerimos instrumental, para que as crianças dancem, ritmicamente, livremente.

.
Um passo pra cá…
Um passo pra lá…
Correndo pra frente e voltando ao lugar,
Palminhas vou bater,
Um pulo eu vou dar,
Uma roda bem bonita,
Rodando com os amigos,
Rodando no próprio lugar.

03 – Psicomotricidade
A proposta é colocar um colchão no chão, treinar cambalhotas com a ajuda da professora. Colocar bambolês espalhados e brincar de pular dentro e fora, alternando, etc. Colocar bancos ou cadeiras e brincar de subir de descer. Brincar de pular com um pé só, plantar bananeiras, virar estrelas (de acordo com o nível da turma). Brincar de equilibrar objetos leves em cima de varetas.

.
04 – Poema e Interpretação
 Ler o poema para os alunos e interpretar o poema com as crianças procurando perceber o que realmente compreenderam sobre o mesmo e desvendar os conhecimentos prévios das crianças sobre o tema; aumentar o vocabulário dos alunos a partir das palavras ainda desconhecidas; Imitar o palhaço desenvolvendo expressão corporal, facial e teatral; desenhar o palhaço; nomear o palhaço e elaborar uma história coletiva sobre o mesmo; colocar uma melodia no poema e cantá-la, dramatizando com os alunos.

Oh! Gente Alegre!
Ninguém enjoa.
Ver o palhaço?
Que coisa boa.

Ele corre,
Cambalhota,
Pula e grita,
Ri e chora,
Quando conta anedota.

A boca é grande
E vermelhinha,
A cara é branca,
Que nem farinha

.
05 – Malabarismo – Todas as crianças sentadas no chão em círculo, a professora distribui bolinhas e explica a brincadeira, explicando: joguem a bolinha para o alto e tentem pegá-la; joguem a bolinha de uma mão, para a outra; agora joguem para o alto, batam palmas uma vez e peguem a bolinha.

06 – Equilibrista 01 – Faça uma linha no chão com fita crepe, dê a cada criança um objeto para que equilibrem sobre a cabeça. Elas terão que andar com um pé na frente do outro sem deixar cair o objeto. Esta também é uma atividade que ajuda no desenvolvimento motor e fortalece o senso de equilíbrio.


07 – Equilibrista 02 – A professora coloca uma escada no chão na posição horizontal. Uma criança de cada vez anda em cima da escada segurando um objeto escolhido por ela e realiza vários movimentos com ele, tais como: colocar o objeto acima da cabeça; tentar equilibrá-lo apenas com um dedo, ou com a palma da mão, pular como um canguru e outros.

08 – Escalar a Montanha – Uma corda amarrada no teto. Nesta brincadeira a professora auxilia todas as crianças a escalar. Muitas conseguem fazer isto sozinhas.

09 – Cambalhota – Esta é a preferida! A professora coloca colchões no chão e propõe às crianças que rolem tentando fazer a cambalhota. Aquelas que não conseguem fazer sozinhas, a professora ajuda.

10 – Virando palhacinho – Essa atividade não é exatamente um artesanato para crianças, mas eles verão o resultado de suas habilidades manuais no rosto do colega. Divida as crianças em pares e dê a elas algumas maquiagens, cada uma pintará o rosto do seu par assim todos estarão prontos para brincar de palhaço! Você pode pedir que as crianças imitem as expressões dos palhaços, fazendo cara feliz ou triste.

11 – Massagem – Divida as crianças em pares, enquanto uma deita sobre um colchonete a outra usa uma bola de malabares para massagear as costas do coleguinha. Depois de alguns minutos o par inverte funções. Além de ser muito gostoso essa é uma atividade social relaxante, para acalmar as crianças depois da brincadeira.

12 – Perna de pau – Faça suas próprias pernas de pau usando latas de metal (do tamanho das de leite em pó). Faça dois furos em ambos os lados de cada lata, perto do fundo. Meça o barbante para que o seu tamanho seja apropriado para crianças. Enfie uma extremidade da corda em cada buraco e amarre pelo lado de dentro. Para andar com as pernas de pau, as crianças devem subir nas latas, segurando o barbante em suas mãos. Não é fácil, mas essa atividade ajuda no desenvolvimento motor das crianças!

Créditos Projetos Pedagógicos Dinâmicos.

Artigos Relacionados

4 Comentários

    audrynha 11 de março de 2009 às 22:56

    Minha linda. Adorei suas atividades. Queria lhe perguntar se vc conhece algo sobre o médoto de ensino “A Casinha Feliz”. Se souber algo, lhe peço muuuiiiiiitoooo que me envie por email. bjus!

    audrynhaisrael@gmail.com

    Professora Selma abrantes 24 de março de 2011 às 14:07

    Querida adorei as atividades circenses! Vou fazer com a turminha de Educação infantil e já sei que vai um sucesso! Obrigada pelas idéias maravilhosas.bjs.

    Tania Belchior 10 de março de 2014 às 15:11

    Maravilhosassss ideias fico maluca com tantas novidades pena que minha turma é berçario faço maisbrincadeiras cantadas !!!

    Maria do Socorro /profª de educação especial 12 de março de 2016 às 09:51

    Adorei suas ideias,vou fazer com minha turminha de maternal2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*
*