Paródias – Preconceito e Diversidade

14 Out de 2012

Paródia: Dança moreninha!
Música: Plantei uma cebolinha (Dança negrinha)

Plantei uma sementinha de bondade e amor,
Então ela nasceu, brotou logo, germinou…

Cresceu, cresceu… esticou, esticou!
Espalhou por toda a terra, ó que linda ela ficou!

Um galho chegou, na Amazônia brasileira…
Ó quantos indiozinhos, venham cá pra brincadeira!

Outro galho chegou, bem lá do outro lado!
Olha só os japoneses, são amigos e educados.

Mas um galho bem maior, ó que forte emoção…
Na África chegou, capotou meu coração!

Tum, tum, tum… Ó que linda moreninha!
Seus olhos são redondos, sua pele escurinha!

Tum, tum, tum… bate forte seu tambor!
Tum, tum, tum… como é grande meu amor!

Dança moreninha, eu não sei dançar!
Então entra na roda que eu vou te ensinar!

Mari Barbosa


Música: Olha a negra vencendo a luta
Paródia: Negra do cabelo duro

Olha a negra vencendo a luta,
A luta popular!
Fazendo uma sociedade,
Mais digna pra se morar!

Olha ela aí, olha ela aí!
Lutando pra acabar! Com o quê?
Com o preconceito!
E a vida melhorar!

Olha ela aí, olha ela aí
Lutando pra ganhar! O quê?
Ganhar a confiança,
De andar em todo lugar!

Paródia: Anti Racista
Música: Como vovó já dizia

Eu sou brasileiro minha raça é multicor
Branco negro ou amarelo, cada um tem seu valor
Eu sou brasileiro minha raça é multicor
Diga não ao preconceito, mostre que se educou (refrão)
Eu sou brasileiro, bisneto de africano, neto de europeu,
Sangue cheio de mistura e em nossa etnia,
Não existe raça pura…
Eu sou brasileiro, minha raça é multicor
Vou respeitar meu irmão, não importa a sua cor
Eu sou brasileiro, minha raça é multicor
Diga não ao preconceito, mostre que se educou
Quem é informado, não esconde sua cor
Quem tem preconceito, a burrice comprovou
Julgue as pessoas pelo seu real valor….
Eu sou brasileiro, minha raça é multicor
O Brasil é um país, colorido sim senhor
Eu sou brasileiro,minha raça é multicor
Diga não ao preconceito, mostre que se educou
A nossa cultura na mistura se fundiu,
Nossa pátria amada, nosso peito varonil, miscigenação
Isso sim é o Brasil!

Paródia: Extravasa o preconceito
Música: Extravasa
.
Dominou geral
Sacudiu a raça
Sem preconceito é massa
Mandela chegou
Apartheid passa
E a galera embala

Tem que ter
Um respeito pra dizer que é
Vem dizer
A todo mundo que respeito e amor
Tem que ter
Na nossa vida pra nos embalar
Refrão:

Extravasaa

Joga o preconceito pra lá
Eu quero ser feliz antes de mais nada
Extravasaaa
E joga o preconceito pra lá
(Rap)

Sem preconceito no movimento
A atividade que abala
Mais veloz que o vento
Cheio dito na idéia do meu papo reto
Ajuda o negro que estiver por perto
Chega de problema quero solução
Ô cale a boca,escute a voz que vem desse povão
Respeitanto sem limites

Tem que ter
Um respeito pra dizer que é
Vem dizer
A todo mundo que respeito e amor
Tem que ter
Na nossa vida pra nos embalaaaaar…

Créditos: Segregação Racial

Artigos Relacionados

1 Comentário

    Anônimo 24 de novembro de 2012 às 15:30

    adorei as parodias ficaram otimas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*
*