Como a família pode ajudar nas férias?

06 Dez de 2011
Oi gente!!!
Que tal recuperar os laços antigos e dar às crianças novas experiências? Durante as aulas, o mundo da criança gira em torno da escola e dos coleguinhas. A família ganha mais espaço nos fins de semana, mas, ainda assim, pode não ser o suficiente para uma convivência proveitosa. As férias são, uma grande oportunidade para interagir com toda a família.

“Boa parte dos membros das famílias de hoje não se conhecem, são estranhos uns aos outros. Os meses de descanso das crianças podem se tornar uma fase de reconhecimento”, acredita a psicopedagoga Tânia Ramos Fortuna, que coordena um curso de extensão voltado para educadores que querem aprender a brincar com as crianças. Ela propõe diversas formas divertidas de brincar em família e, assim, aproveitar ao máximo as férias. Vamos ver as dicas?

-Verdade ou Consequência

Pensa que é só para adolescente? A famosa brincadeira, conhecida também como Jogo da Verdade, pode fazer com que familiares descubram histórias engraçadas uns dos outros e se vejam mais como seres humanos independentes. As crianças, com certeza, vão expressar sua curiosidade. É só formar uma roda e colocar uma garrafa no centro. Para decidir quem pergunta e quem responde, basta girar a garrafa – o gargalo aponta para quem pergunta, ou vice-versa.

-Viagem ao passado

É claro que as férias de verão convidam à rua. Mas, quando a família já cansou de perambular, ou num dia de chuva, uma boa pedida é mostrar às crianças fotos delas mesmas de quando eram bebês. Elas podem estranhar no começo, mas logo vão se envolver e querer ouvir causos sobre a sua chegada ao mundo.

-Cinema em Casa

Durante as férias, a família pode promover um ciclo cinematográfico, em casa mesmo. Cada um escolhe um filme, todos se comprometem em assistir a todos. O pai ou a mãe pode, inclusive, organizar a programação em um cartaz. “O bom é que as crianças vão zelar para que o ciclo seja cumprido, e todos vão dividir seus gostos”, explica Tânia.

-Culinária

Crianças adoram pôr a mão na massa. Reserve uma tarde para fazer um bolo, uma torta ou uma sobremesa com os pequenos. Peça para eles separarem ingredientes, misturarem e, claro, lamber a massa crua do bolo também é permitido.

-Pés descalços

“As crianças de hoje têm os pés muito limpinhos”, brinca a psicopedagoga Tânia. Pois é hora de sujá-los um pouco. Leve seus filhos ao parque, à pracinha ou ao sítio daqueles amigos e esqueça germes e bactérias. Deixe-os brincarem na grama e na terra sem medo. O ganho será maior.

-Rodada de Jogos

Fim da tarde, todo mundo já voltou da praia… Ou na cidade mesmo, naqueles dias preguiçosos. Que tal resgatar jogos de tabuleiro antigos ou sair com as crianças para comprar novos?

Via: Educar para Crescer

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*
*