Poemas Dia do Trabalho

22 Abr de 2009

Brincar de Trabalhar

Um brinquedo que eu gosto
É brincar de trabalhar,
Pensam vocês eu aposto,
Que isto não é brincar!

Sem a gente perceber,
vai brincando e aprendendo.
Com brinquedos a fazer,
Coisas úteis vou fazendo.

Eu já fiz a minha estante,
Um limpa pés também fiz.
Tenho brincado bastante,
Mas trabalhando… quem diz?

Renato Sêneca

O que vou ser?

Ainda não sei,
O que vou ser.
Padeiro ou professor,
Quando eu crescer…

Ainda não sei,
O que vou escolher.
Profissões variadas
Qual delas vou merecer?

Autor desconhecido


DIA DO TRABALHO

Eu sou pequeno, quero estudar,
quando crescer, vou trabalhar.

Eu quero ser doutor, doentes vou curar,
Eu quero ser professor, para as crianças ensinar.

Eu serei aviador, pelos ares voarei,
Eu serei um motorista, passageiros levarei.

Eu pedreiro, eu engenheiro, eletricista, encanador.
Eu pintor, eu carpinteiro, a casa está um primor.

Olhe aqui o lavrador, o dono da plantação.
Eu aqui o criador, cuidarei da criação.

É útil o funcionário: O bombeiro, o carcereiro;
Na cidade é necessário, seja o lixeiro ou o carteiro.

E vamos brindar o trabalhador,
que sabe trabalhar com fé e com amor!

(Autor desconhecido)

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*
*

mautic is open source marketing automation