Adaptação Escolar – Dicas para os pais

01 Jan de 2007
Oi gente!
Seu filho vai à escola pela primeira vez. É normal que isto gere um misto de alegria e ansiedade, pois tudo aquilo que é novo e desconhecido é sempre encarado como um desafio e, no caso do período escolar, é um desafio para a criança, para os pais e para a escola. Como você pode ajudar a criança nesta nova socialização de sua vida?

Veja aqui algumas dicas:
1. Antes de mais nada, sentir confiança na escola que seu filho irá estudar é imprescindível. Antes de matriculá-lo procure ver se o método adotado corresponde às suas expectativas e crenças.
2. Muitos pais se perguntam qual a idade ideal para colocar seus filhos na escola. Alguns começam cedo, já no berçário e outros só após os dois anos. Isto deve variar conforme a necessidade e o modo de pensar dos pais. É certo que com três anos a criança já saberá expressar muito melhor suas necessidades, já não estará usando fraldas, mas não há problemas se a criança iniciar mais cedo, contanto que ela esteja bem adaptada. Você se surpreenderá com seu desenvolvimento.
3. É importante que você leve seu filho para conhecer a escola antes de iniciar as aulas. Mostre a ele as novidades, leve-o ao parquinho, à sala de aula, ao auditório, à quadra e em cada lugar vá explicando como vai ser bom e as coisas legais que ele vai fazer como jogar bola, pintar, desenhar, fazer colagem, aprender músicas etc.
4. Mostre o material como uniforme, lancheira, copinho etc, para que ele já se sinta parte integrante da escola.
5. Você deverá se programar para ficar na escola no período de sua adaptação. Para a criança, todos são estranhos e você será o suporte, o apoio. Lembre-se, porém, de não interferir nas atividades da professora. De preferência fique do lado de fora da sala e apareça de vez em quando. Vá espaçando este tempo até sentir que ele realmente não sentirá mais sua ausência.
6. Para o lanche procure enviar a quantidade que seu filho costuma comer e o que ele gosta. Envie sempre duas opções de lanche, pois ele irá reparar no lanche variado dos coleguinhas. Não envie refrigerantes, nem sucos, pois estes últimos perdem seu valor calórico após um período. Prefira que ele beba água ou um iogurte, ou leite achocolatado para acompanhar.
7. Se seu filho ainda usa fralda, não esqueça de mandar fraldas descartáveis e roupa extra. Normalmente a escola incentiva na retirada das fraldas levando todas as crianças em um dado momento ao banheiro. Mesmo assim, é normal que a criança urine e suje a roupa nesta fase.
8. Interesse-se pelas novidades que ele irá contar ao chegar em casa, tais como: aniversários, atividades, teatrinho, parque, pintura, hora do lanche, etc.
9. Procure sempre estar presente nas apresentações. Ele se sentirá orgulhoso. Leve máquina, filmadora e tudo que você, como mãe e pai corujas, têm direito. Não se envergonhe disto, pelo contrário, faça questão de mostrar a seu filho que você está sempre presente.
10. É normal que, mesmo a criança adaptando-se com facilidade, tenha uma recaída depois, seja porque um coleguinha o está incomodando, seja porque voltou de férias ou qualquer outro motivo. Neste caso, procure verificar o que está acontecendo e lhe dar muito apoio, conversando bastante. Se o caso for muito grave do tipo ele fazer escândalo para não ir à escola, procure ir junto, fazendo uma readaptação até ele se sentir seguro, mas não o tire da escola a não ser que o problema seja com a escola, aí sim é melhor trocar.
Atenção! Não desista na primeira dificuldade. Muitos pais se sensibilizam com a resistência dos filhos à adaptação escolar e acabam retardando este momento. Não aconselho isto. O ideal é que você esteja ao lado dele e converse muito. O que você deve ter em mente é que estará preparando seu filho para conviver em sociedade, aprendendo a compartilhar, a ter limites, além de aprender o que todos esperam: a ler e escrever.

Artigos Relacionados

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*
*